Agora que você pode comentar feedbacks recebidos na plataforma, queremos ter certeza de que você está reagindo de maneira construtiva aos feedbacks que seus colegas, líderes e liderados te mandam.

Não reaja no calor do momento

Nunca reaja a um feedback no calor do momento. É importante ruminar sobre o feedback recebido por um tempo, especialmente se você estiver de cabeça quente. Reagir a qualquer coisa no trabalho de cabeça quente é receita certeira de fazer uma besteira da qual você vai se arrepender.

Feedbacks de melhoria, mesmo que construtivos, podem nos deixar em estado de stress. É uma reação biológica que os americanos chamam de fight or flight: nosso corpo sente uma ameaça, libera um hormônio chamado cortisol, joga sangue nos nossos membros, dilata nossas pupilas... enfim, nos prepara para a batalha.

Em Conversas Cruciais, um livro absolutamente indispensável para qualquer pessoa que queira se tornar emocionalmente mais inteligente, Kerry Patterson diz que nos sentimos atacados pois muitas vezes temos nossa identidade - nossa imagem de nós mesmos - posta em xeque.

Portanto se você sentir um frio na barriga ou algo do tipo quando receber um feedback, respire, pense algumas horas a respeito e se possível "durma" sobre ele. Só comente quando estiver com a cabeça no lugar. 

Não fique na defensiva nem refute o feedback

Uma reação instintiva que muitos podemos ter quando recebemos um feedback é responder a ele imediatamente refutando seu conteúdo.

Quase nunca essa reação é positiva.

Tendemos a nos defender de feedbacks recebidos. Às vezes, eles têm mérito mas atacam nosso senso de identidade (ver acima). Nesses casos, tendemos a refutar o feedback mesmo sabendo, lá dentro, que ele é verdadeiro.

Em outros casos, sabemos imediatamente que o feedback foi mal formulado. Ele eventualmente contêm uma imagem restrita da realidade. Ou ele foi dado por alguém que percebemos como "sem mérito" para nos dar esse feedback (ou seja, alguém não muito proficiente no comportamento sendo observado).

Em qualquer um dos casos, nunca é bom responder ao feedback para refutá-lo.

Pense com carinho

Lembre-se: muitas vezes ficamos assim, em alerta, estressados ou reativos pois o feedback fez sentido, e ameaçou a imagem que temos de nós mesmos. Não culpe seu colega por identificar alguma área de melhoria em você.

Encontrou sua resposta?