Tags funcionam de maneira muito similar às hashtags de uma rede social: são marcadores que você pode usar para classificar seus usuários em grupos para que sejam posteriormente filtrados. #ficaadica

O Fábio, Vice-Presidente de Operações do escritório de São Paulo, pode, por exemplo, ter as tags vice-presidente (que também serão compartilhadas pelos outros VPs), operações (que também são compartilhadas por todos os seus subordinados da área de operações) e São Paulo (que são compartilhadas por todos os funcionários alocados ao escritório de São Paulo).

Este é apenas um exemplo. Você pode criar tags como quiser no Qulture.Rocks. Temos clientes que cadastram área, cargo e localização. Outros também cadastram squads e guildas. A estrutura de tags que você vai usar dependerá de quais análises e "fatias" vai querer fazer da empresa para fins de análise.

Em avaliações:

Um uso muito comum das tags é para definir em quais competências uma pessoa será avaliada numa avaliação de competências.

A partir das tags do Fábio (nosso funcionário fictício) você pode definir que ele verá as competências de liderança no grau de complexidade 6 (relativo a vice-presidentes e presidente), e as competências técnicas de operações (que podem ser diferentes das de vendas e marketing).

Cadastrando tags:

Veja Cadastrando Tags Manualmente para entender como cadastrar as tags de um funcionário. Você pode também cadastrar as tags de maneira automática quando fizer a importação dos funcionários por planilha (para isso peça ajuda do seu gerente de relacionamento/CSM).

Gostou?

Encontrou sua resposta?