Sabemos que um processo de implementação da Plataforma Qulture.Rocks (e das práticas que ela facilita) bem executado exige uma série de passos:

Mas essa jornada não para por aí. 

Principalmente quando a idéia é fazer a turma adquirir um hábito novo, como criar uma cultura de feedbacks, é preciso persistência para mudar os comportamentos de uma organização. 

Uma ferramenta muito poderosa para isso são as Blitz de Feedbacks.

Para que serve uma Blitz de Feedbacks?

Em uma Blitz, o objetivo é, em um dado período de tempo (geralmente entre algumas horas e um dia), impactar o máximo possível de colaboradores da empresa pessoalmente, através de convencimento e ativação no corpo a corpo, para que essas pessoas:

  • Conheçam o programa e seus porquês
  • Conheçam e aprendam a usar a Plataforma
  • Concluam algumas ações, como mandar e pedir pelo menos um feedback

Com isso, o processo de mudança por ser acelerado através da ampliação no número de colaboradores impactados e na intensificação da sua participação.

Como funciona uma Blitz?

Em uma Blitz, alguns colaboradores nomeados pela empresa andam pelo seu espaço físico conversando com os seus colaboradores. O objetivo final dessas conversas é que os colaboradores impactados tomem as ações desejadas, ou seja, mandem e peçam feedbacks, por exemplo.

Para isso, cada membro da Blitz deve:

  • Sbordar colaboradores de maneira amigável
  • Explicar o programa e seus porquês
  • Mostrar a plataforma através de uma rápida demonstração
  • Realizar o primeiro login com o colaborador na plataforma web
  • Baixar o aplicativo móvel no celular do colaborador, e realizar o primeiro login também nele
  • Realizar uma das possíveis ações desejadas (mandar ou pedir feedback, mandar elogio, etc)

Ao fim da interação, que não deve durar mais de 3 minutos, o membro da Blitz recompensa o colaborador com um pequeno presente (falaremos mais disso a seguir).

Quem deve participar de uma Blitz?

O time da Blitz deve ser composto, de um lado, por profissionais diretamente ligados ao - e responsáveis pelo - processo de mudança. Geralmente aqui estão os colaboradores do time de RH.

De outro lado, a Blitz deve ser formada por colaboradores abertos ao programa, influentes na organização e extrovertidos (para que consigam impactar mais gente). Geralmente, os champions são colaboradores perfeitos para essa tarefa :).

Você deve alocar em torno de 1 membro da Blitz para cada 20 colaboradores que deverão ser impactados em um espaço de 2 horas. Ou seja, se você tem 4 horas para impactar 500 colaboradores, deverá ter aproximadamente 13 membros para uma Blitz.

Premiações

O ideal é que cada membro da Blitz possa presentear cada um dos colaboradores impactados (que tenham participado positivamente da ação) com algum tipo de prêmio.

Esse prêmio deve:

  • Ter baixo valor/valor simbólico
  • Ser muito visível, e por muito tempo
  • Gerar awareness para o tema

O que queremos dizer com isso?

Que o prêmio dado deve ajudar no processo de mudança. Ele deve ser algo visível (por exemplo, que fique em cima da mesa do colaborador, e não guardado em uma gaveta); que fique visível por muito tempo (ou seja, que esteja na mesa do colaborador por um bom tempo, e que não seja, por exemplo, perecível ou comestível) e que gere awareness para o tema da mudança (ou seja, que remeta ao tema dos feedbacks, por exemplo, e não a um tema aleatório, como uma bola de futebol).

Na nossa experiência, prêmios perfeitos para esse tipo de iniciativa são adesivos de laptop.

Eles ficam visíveis o tempo todo no computador do colaborador e lembram todos sobre a mudança cultural da empresa. Veja abaixo 3 exemplos de adesivos que já usamos de maneira bem-sucedida em algumas empresas, e que funcionam como incentivadores da troca de feedbacks:

Você pode encontrar arquivos prontos para impressão desses adesivos no fim desse artigo.

Diálogos sugeridos

Situação 1 (Ainda não conhece a iniciativa):
Membro da Blitz: Oi tudo bem? Você já conhece o aplicativo de insights?
Colaborador: Ainda não, o que é?

[MB Faz uma breve explicação da ferramenta, pede para a pessoa pegar o celular e a ajuda a baixar o APP.

Enquanto isso o MB pode ir logando no aplicativo Web no computador do Colaborador e ir mostrando como pedir ou mandar um insight. Pergunte se ultimamente ela fez parte de um projeto e se teria alguém dessa equipe que ela gostaria de receber um feedback ou se teria algum feedback que ela gostaria de dar. 

IMPORTANTE: Acompanhar a pessoa pelo processo (mas não fique olhando o que ela está digitando, ela pode ficar meio sem graça).


Situação 2 (Já conhece a iniciativa mas não está engajado):
Membro da Blitz: Tudo bem? Você já conhece o aplicativo de insights da {{nome da empresa]]?
Colaborador: Conheço.

MB: E você tem usado com frequência?
C: Não… Já usei uma vez e nunca mais.
MB: Por quê não?
C: Porque acabo esquecendo / não tenho tempo.
MB: Falta de tempo não é uma desculpa para não focar no seu desenvolvimento profissional! Você já acessou o nosso App? É muito rápido enviar ou pedir um feedback. Topa fazer uma vez junto comigo?

[Entra no app (se a pessoa ainda não tiver, ajude-a a baixar) ou faça login no web app e a incentive a pedir/fazer um feedback.]

Situação 3 (Já conhece a iniciativa e usa sempre):
Membro da Blitz: Oi você já usou nosso app?
Colaborador: Sim, uso sempre para enviar e pedir feedbacks!
MB: Que legal! Aí sim! Que tal mandar ou pedir mais alguns e virar um top insighter igual a Fulana, aí na próxima vez você pode ganhar uma camiseta !

Arquivos e recomendações

Adesivos

Arquivos para impressão:

Pasta com arquivos .Zip para download e impressão.

Gráfica sugerida:

Gráfica Printi

Camisetas

Arquivo.pdf

Gráfica sugerida:

Najatex Camisetas


Imagem: Colaboradores da Suzano Papel e Celulose e Qulture.Rocks preparando uma Blitz de Insights.

Encontrou sua resposta?