CULTURA

O que? A cultura de uma empresa vai atuar como um guia de princípios e comportamentos que definem “como as coisas devem ser feitas”.

Por que? Basicamente porque pessoas precisam de um guia sob o qual se embasar na hora de tomar suas decisões. Além disso, a cultura de uma empresa é parte essencial de sua estratégia, dando suporte a vantagens competitivas sustentáveis.

"Cultura é parte quem nós somos, e parte quem nós gostaríamos de ser."

1˚ passo: Como líder da sua empresa, reflita sobre quais valores são os mais importantes para você:

Com qual tipo de pessoa você gosta/gostaria de trabalhar? Quais são os valores destas pessoas?

Destes valores, quais são os mais importantes pro negócio?

2˚ passo: Investigar quais valores os colaboradores da sua empresa valorizam.

Formas de descobrir quais os valores são vividos e valorizados pelos seus colaboradores:

Pesquisa: Através de uma ferramenta como Survey Monkey, Typeform ou até mesmo um Google form, questione os seus colaboradores:

  • O que é a empresa valoriza?
  • O que a empresa não deveria valorizar?
  • Quais são as características comuns que descrevem o time da empresa?
  • Quais são as características que você acha que o time da empresa não deve ter?
  • O que não fazemos e deveríamos fazer?
  • O que fazemos e não deveríamos fazer?

Observação: Passeie pelo o ambiente da sua empresa, observe como as pessoas realizam o trabalho delas. Observe também a forma como as pessoas se relacionam com os colegas, líderes e clientes.

Consolide os resultados e utilize os dados recolhidos para o próximo passo.

3˚ passo: Alinhe as respostas da pesquisa com os gestores/líderes/Heads da sua empresa.

4˚ passo: Definir os valores da sua empresa.

5˚ passo: Aprovação dos gestores/líderes/Heads.

6˚ passo: Assim que definidos e aprovados o próximo passo é quebrar esse valores em comportamentos. Ou seja, como esses valores são vividos no dia-a-dia da empresa.

Exemplo:

Google

1: Nós queremos trabalhar com ótimas pessoas.

  • Nós contratamos ótimas pessoas e esperamos muito delas.
  • Nós criamos um ambiente onde as pessoas podem florescer e crescer.
  • Nós tratamos as pessoas com justiça e respeito
  • Nós questionamos e desafiamos as ideias de nossos colegas abertamente.
  • Nós valorizamos diversidade em pessoas e ideias.
  • Nós somos um empresa quantitativa que usa dados para tomar decisões.

7˚ passo: Escreva a história da sua empresa, como e por que foi criada.

8˚ passo: Tire boas fotos do seu ambiente de trabalho e das pessoas, junte sua história, os valores da sua empresa e seus respectivos comportamento, as fotos, crie um lindo Culture Code e apresente para toda sua empresa.

protip: Se quiser, crie um ambiente de confraternização e descontração regado a comidas e bebidas. O primeiro passo rumo a uma empresa de sucesso foi dado. Comemore!

Vivenciando seus valores

Agora que você acabou de criar seu Culture Code, vem a parte mais desafiante: Vive-lo. A partir de agora, você é o maior embaixador dessa cultura. Viva ela na prática, dê o exemplo, esteja próximo dos líderes e assegure que os mesmo também sejam embaixadores da sua Cultura. Faça dela um hábito diário!

Além disso, assegure-se que sua cultura permeia todos os processos de pessoas da sua empresa: Contratação, Onboarding, treinamento e gestão de performance.

#Contratação: Fit cultural deve ser o fator decisivo na hora de contratar um novo funcionário.

1˚ passo: Publique seu Culture Code em seu site e em todas suas redes sociais, deixe que ele fique facilmente acessível a todas as pessoas que se candidatarem a uma vaga em sua empresa.

2˚ passo: Cria algum tipo de triagem/teste para seu valores. De preferencia aplique-o no começo do processo, desta forma você não será tentado a comprometer valores culturais por habilidade técnicas extraordinárias.

protip: Structured Interview presented by the U.S Office personnel Management.

#Onboarding: No primeiro dia de trabalho de um novo funcionário entregue-o uma cópia impressa do seu Culture Code. Se possível passe por todos os valores e explique como vocês vivem esses valores no dia-a-dia.

#Gestão de performance: seus valores podem ser usados tanto nos Feedback Ongoing da ferramenta da Qulture.Rocks como em ciclos formais de Feedback ou como um tópico da sua Avaliação de desempenho.

 

#Comitê de cultura: Uma ótima forma de manter sua cultura viva e forte é criar um comitê de Cultura, onde as pessoas desse comitê (gestores ou não) serão nomeados Embaixadores da sua Cultura. A ideia é que esse comitê se reúna com uma frequência de no mínimo uma vez no mês e pensem em estratégias e dinâmicas que reforcem a cultura no ambiente de trabalho, por exemplo, se um dos seus valores é ENSINAR, criar um confraternização mensal onde os colaboradores possam compartilhar algum conhecimento (pode ser uma apresentação de 5 minuto, 30 minutos ou até 1 hora) é uma boa estratégia. Além desse tipo de ação, o embaixador deve ficar ligado nos comportamentos dos colaboradores e sempre que pertinente dar um feedback.

Encontrou sua resposta?