Olá,

Assim como organizações nós seres humanos devemos nos comprometer em constantemente definir, acompanhar e mensurar metas tanto pessoais como profissionais.

Um estudo feito pela faculdade de Harvard no ano de 1979 em uma turma de MBA, questionou quantos daquelas pessoas definiam objetivos/Metas.

  • 84% não definiam objetivos
  • 13% definiam objetivos mas não os registravam em nenhum lugar; e
  • 3% definiam objetivos, os registravam e desenvolviam planos de ação para alcança-los.

De novo no ano de 1989, as mesmas pessoas foram entrevistadas e os resultados você já imagina quais foram, certo? Acho que não.

  • Os 13% que definiam alguns objetivos estavam fazendo duas vezes mais do que os 84% que não definiam objetivos
  • Já os 3% que definiam e registravam os objetivos, estavam ganhando mais dinheiro do que os 97% juntos (juntos!)

Dito isso, acredito que não reste nenhuma dúvida do quão importante é o processo de Gestão de Objetivos/Metas e de que esse é o primeiro passo para alcançar o sucesso em sua vida pessoal e profissional.

Mas...Por onde começamos?

SONHO

  1. Hedgehog Concept (ou O Conceito do Ouriço)

Segundo uma parábola grega, a raposa sabe muitas coisa, enquanto o ouriço sabe apenas uma, de enorme importância. A raposa é astuta, capaz de maquinar complexas estratégias para atacar o ouriço, que é um animalzinho inofensivo, alimenta-se de insetos e se limita a cuidar de sua casa. Mas, quando a raposa o ataca, instintivamente ele se enrola sobre si mesmo, transformando-se numa bola de espinhos”, conta Jim Collins no seu livro Good to great, que explica como uma empresa pode se tornar EXELENTE quando ela compreende o que faz de melhor e foca nisso.

Tendo isso em mente, Collins nos fornece uma ferramenta para descobrimos o que iremos chamar aqui de “Missão”, o Conceito do Ouriço, que vai lhe ajudar a pensar no seu Sonho/Missão através da intersecção de três pontos:

  1. Pelo o que você é profundamente apaixonado? Se pergunte, “Qual é o resultado final dessa jornada?”.
  2. O que você pode fazer melhor que ninguém? Pense sobre suas habilidades, experiências e recursos.
  3. O que o mercado pagaria para você fazer?
  1. Faça uma análise SWOT Pessoal para entender suas forças, fraquezas, ameaças e oportunidades.

Escreva a sua Missão (ou Sonho).

DICA

É normal não ter clareza do da sua missão ou do seu sonho, já que vamos descobrindo isso a medida que vivemos. Caso, você AINDA não tenha essa clareza pense em coisas que você gostaria de alcançar em prazos menores de tempo (de 1 a 5 anos).

3. Pense em Objetivos e Metas de Longo Prazo (de 3 a 5 anos). Para facilitar utilize o Modelo SMART.

SPECIFIC

Tenha claro o que é preciso ser alcançado.

Bons exemplos:

Conseguir guardar R$20000,00

Maus exemplos:

Estabilidade financeira

 

MEASURABLE

Tenha metas que possam ter seu atendimento mensurado por indicadores.

O que não pode ser medido, não pode ser gerenciado.

Bons exemplos:

Melhorar meu tempo de corrida nos 10km de 1 hora para 40 minutos.

Maus exemplos:

Melhorar minha performance em corridas.

 

ATTAINABLE

Pense em metas que sejam atingíveis/realistas mas que ainda sim tenha uma aspiração a ir além da zona de conforto normal.

Metas desafiadoras tendem a levar as pessoas a um melhor desempenho do que se elas dizem “vou tentar mais” ou “vou fazer o meu melhor”.

RELEVANT

Pense bem no seu sonhos (ou aspirações).

Best practices: tenha foco! 5 metas bem traçadas tendem a ocupar as pessoas por um bom tempo!

TIME BOUND

Estabeleça sempre uma data-limite para sua meta! Nunca deixe solto no ar.

  1. Escreva de que forma as atividades que você desenvolve dentro da empresa onde trabalha podem te ajudar a alcançar seu sonho. Pense em habilidades que estão sendo desenvolvidas, em pessoas que está conhecendo, em recursos que está acumulando, etc.
  1. Escreva qual legado você deseja deixar para a empresa onde trabalha. Isto é, um novo processo, um processo aprimorado, um marco histórico de vendas (ou de Churn), etc.
Encontrou sua resposta?